120 autores submetem originais à segunda chamada literária da Editorial Fundza

No passado dia 13 de Dezembro de 2022, a Editorial Fundza lançou a segunda chamada literária aberta a todos escritores moçambicanos interessados. Bastante concorrida, desta vez, a iniciativa recebeu ao todo 120 submissões, entre as quais 26 contos, nove crónicas, 11 infanto-juvenis, 37 poesia, 32 romances, quatro novelas e um ensaio.
A primeira fase da chamada literária da Editorial Fundza encerrou no dia 13 deste mês de Janeiro, tendo registado projectos de livro de escritores, poetas e cronistas de todas as regiões do país onde a arte da escrita fervilha.
Das 120 submissões, 24 pertencem a mulheres e 96 a homens. A lista de propostas enviadas por e-mail à Editorial Fundza revela a presença de originais de autores já publicados em livro por diferentes editoras nacionais. Alguns desses autores, inclusive, já venceram alguns prémios literários ao nível nacional. Igualmente, fazem parte dos seleccionados para a segunda chamada da Fundza autores que poderão ser editados em livro pela primeira vez, caso os seus originais sejam seleccionados por um júri idóneo, identificado para o efeito.
Ano passado, a Editorial Fundza seleccionou 22 propostas literárias, num universo de 100, das quais 18 já foram publicadas. Por exemplo, Barca oblonga, de Otildo Justino Guido e Fernando Absalão Chaúque; O dicionário da sobrevivência, de Francisco Raposo; Insiste em ignorar-me, de Argentina Banze; O amor que há em ti, de Larsan Mendes; A rapariga sem reflexo, de Clévia Guivala; As máscaras da verdade, de Almeida Cumbane; O Príncipe Suehtam e a Aruella no Tulipix, de Andreia Edna da Silva; ou Mungadze e a lenda do reino musical, de Agnado Bata.
Este ano, além dos três livros em falta seleccionados há um ano, a Editorial Fundza irá lançar 10 livros apurados pelos membros do júri da segunda chamada literária. Os géneros definidos, desta vez, são: Romance, Conto, Crónica, Poesia e Infanto-Juvenil. Todos inéditos.
À semelhança da primeira, com a segunda chamada literária o objectivo principal é ampliar o espaço para a democratização do acesso à publicação de obras literárias em Moçambique, o que incluiu a participação de autores de todas as províncias.
Portanto, os 10 autores que serão seleccionados entre os 120 candidatos da segunda chamada literária serão anunciados nos próximos dias no site e nas redes sociais da Editorial Fundza.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top